Hashi: saiba como usar passo a passo

Que a culinária japonesa caiu no gosto dos brasileiros, a gente já sabe. Mas, para você, ainda é um desafio usar o hashi, aqueles palitinhos que os orientais usam para fazer as refeições?

Tudo bem, você não está sozinho. Por isso, neste post iremos mostrar o passo a passo de como usar hashi, para saborear ainda mais as delícias dessa cultura milenar. Confira!

 

Breve história do hashi

Também conhecido como “pauzinhos” ou “palitinhos”, o hashi – a pronúncia correta é “háshi”, e não “hashí” nada mais é do que um par de varetas utilizado nas refeições não só do Japão, mas também de outros países do extremo Oriente, como a China, a Coreia e o Vietnã.

O hashi tem duas funções: segurar e cortar os alimentos sim, você pode partir o sushi sem receio.

O utensílio oriental geralmente é feito de bambu ou madeira, mas há variações com materiais como plástico, marfim ou metal, podendo ser liso ou com rasuras na parte em que se pega o alimento, para evitar que a comida escorregue.

O tamanho médio de um hashi é de 22 centímetros, mas há modelos de 15 e 12 centímetros, para as crianças.

 

Curiosidades sobre o hashi

Além do modelo que vemos nos restaurantes, na cozinha japonesa também existe o saibashi, que é uma variante do talher oriental adaptada para o manuseio de alimentos durante seu preparo.

A versão tem 30 centímetros ou mais, é unida por um elástico em suas extremidades e pode ser feita de bambu ou metal, este mais indicado para frituras – mas, calma, eles vêm com uma base de borracha, para os chefs não queimarem os próprios dedos.

Uma boa curiosidade é que, na casa de famílias orientais, cada pessoa tem o próprio hashi , e ele, pela cultura, não deve ser compartilhado.

Portanto, se você visitar uma família japonesa, leve o seu par na bolsa. Já nos restaurantes brasileiros e nos serviços de entrega de comida japonesa, recebemos um hashi descartável, que vem em uma embalagem de papel.

Sobre isso, temos mais uma dica: sempre destaque os palitinhos na horizontal, e nunca na vertical – uma regra de etiqueta japonesa.

 

Passo a passo de como usar hashi

Comer com hashi chega a ser uma arte.

Os orientais possuem uma técnica, que parece ser complicada no início, mas que, com o tempo, torna-se algo bastante simples e usual.

Basicamente, os dois palitinhos precisam fazer um movimento de pinça, abrindo e fechando.

Daí também vem o nome “hashi”, que no idioma japonês é a tradução para algo como “bico de pássaro”. Então, separe o seu par de pauzinhos e acompanhe o passo a passo de como usar hashi a seguir.

Passo número um: para começar, você deve pegar um dos palitos e segurá-lo com a mão que você tem mais segurança, seja você destro ou canhoto.

Esse primeiro palito vai ser o que fica por baixo. Ele deve ser a base firme do manuseio, ou seja, ele não deve se mexer.

Você deve colocá-lo entre o dedo polegar e o dedo anelar, prendendo o hashi com o dedo polegar no dedo indicador, pois isso é o que vai dar a firmeza necessária para segurar o alimento.

O dedo anelar será o suporte na outra extremidade do palito, ficando mais próximo da parte que será a “pinça” desse talher.

Passo número dois: depois de alcançar firmeza e estabilidade com o primeiro hashi, você deve pegar o segundo palito e inseri-lo entre os três dedos restantes, isto é, a base do dedo médio e do dedo indicador e a ponta do polegar.

Você deve lembrar que essa será a base móvel do talher, então não é necessário prendê-lo com tanta firmeza quanto ao que vem por baixo.

Para não ter dúvida de como ele deve ser segurado, o movimento é o mesmo que você usa com um lápis ou uma caneta.

Passo número três: com o par de hashi em mãos, faça o exercício de subir e descer o palito que vem por cima, como se fosse uma alavanca.

O dedo médio pode ajudar nesse passo, pois ele auxilia e dá sustentação ao movimento de pinça. Se ele cair das mãos, ou ficar mais afastado, não há problema.

Repita os passos anteriores até alcançar mais segurança. Você pode treinar com pequenos alimentos ou qualquer objeto que tenha uma textura macia. Acredite: logo você ficará ninja em como usar hashi.

 

Como usar hashi sem cometer “gafes”

Se você acha que cometer deslizes ao usar os palitinhos é não saber segurá-los, você está muito enganado. Para os japoneses, por exemplo, há movimentos com o hashi que demonstram deselegância e até podem trazer má sorte.

Então anote aí para não fazer feio na próxima visita a um restaurante tradicional.

  • Nunca descanse o hashi verticalmente sobre uma tigela ou prato de arroz, ou seja, nada de espetar esse talher no meio do prato;
  • Não deixe o hashi sobre o prato na hora da refeição, o ideal é apoiá-lo em um hashioki, o descanso para os palitinhos. Se não houver um disponível, você pode improvisar com um guardanapo ou fazer o seu, dobrando a embalagem em papel dos palitos descartáveis numa forma de laço;
  • Nunca pegue a comida de modo que você espete o hashi, pois isso é visto como falta de educação tanto com a comida quanto com a cultura oriental;
  • E, por fim, nada de passar a comida de um hashi para outro. Como dito por aqui anteriormente, cada pessoa deve ter o próprio par de palitos.

E aí, acha que agora você está pronto para usar os palitinhos orientais sem receio na próxima ida a um restaurante japonês?

Acreditamos que a melhor dica para você se tornar fera é só mesmo treinando. Por isso, uma visita a restaurantes orientais são sempre uma boa opção.

Aqui no Duo Gourmet temos ótimas sugestões de locais em várias cidades do Brasil.

Que tal saborear aquele prato e, o melhor, sabendo como usar hashi? Desejamos a você boas experiências. Siga acompanhando o nosso blog!