Categorias

Aproveite o post

Curiosidades

Culinária chinesa: conheça mais! 

Culinária chinesa: conheça mais!

A China é bastante conhecida por sua culinária exótica. Ainda assim, a gastronomia chinesa é bastante difundida no mundo. Nas grandes cidades, em todo o planeta, é possível encontrar pelo menos um restaurante chinês com deliciosos pratos, mesmo que adaptados aos padrões ocidentais.

O país abriga uma infinidade de receitas tradicionais, que vão desde os conhecidos yakissoba, frango xadrez, rolinho primavera, até iguarias diferenciadas como o gafanhoto, barbatana de tubarão, carne de cachorro, entre outras. Neste texto, vamos conhecer um pouco mais sobre a culinária chinesa e algumas de suas curiosidades.

 

Contrastes da culinária chinesa

A China é o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo. Tem aproximadamente 1,38 bilhões de habitantes, quase um quinto da população mundial. Possui diversos cenários com contrastes geográficos, históricos, culturais e sociais, que refletem, entre outros aspectos, na culinária chinesa.

Antigamente, a cozinha refinada chinesa era um privilégio apenas dos imperadores. A alimentação das classes economicamente favorecidas era muito diferente da alimentação das classes populares. Enquanto os imperadores e os nobres chineses se saciavam com banquetes fartos, com mariscos, peixes frescos, galinhas, carne de pato, ganso, carneiro, entre outros, as classes populares se alimentavam de arroz, carne de porco, peixe salgado, fígado, intestino e estômago.

Atualmente, embora não haja mais tanta discriminação, ainda há grandes contrastes da culinária de diferentes classes e localidades. A culinária do norte chinês, por exemplo, se caracteriza pela forte presença de massas e frituras, tais como o talharim, pastéis, rolinhos, bolinhos de carne, entre outros. Já a culinária do sul do país se caracteriza pelos pratos variados e exóticos, tais como as iguarias feitas a partir de barbatanas de tubarão, carne de gato, de cachorro, cobras, escorpiões, gafanhotos, entre outras.

Esses hábitos considerados exóticos para os padrões ocidentais são provenientes de um passado histórico de guerras, pobreza e carência alimentar na China. Para os antigos chineses, dos meios rurais, era natural a ingestão de carne de cachorro, gato, bem como de insetos para a sobrevivência. Hábito que perdurou gerações e ainda hoje é comum na China.

 

Princípios e técnicas da culinária chinesa

A culinária chinesa possui mais de cinco mil anos de história. Desde seu surgimento, esteve intimamente ligada à medicina, métodos curativos, celebrações e oferendas aos deuses e espíritos.

Ao longo da história, a culinária chinesa passou a seguir algumas tradições, técnicas de preparação e alguns princípios. Um deles é o princípio taoísta do yin e do yang, os dois opostos complementares que produzem o equilíbrio.

A ideia é tentar equilibrar aromas, sabores, temperaturas, cores, texturas e consistências dos alimentos. Em uma mesa ou banquete, deve haver o equilíbrio entre um prato doce e outro salgado, um prato macio e outro crocante, um prato quente e outro frio e assim sucessivamente.

Outro princípio também utilizado na preparação da comida chinesa é o dos cinco campos energéticos, em que o fogo, a madeira, a terra, a água e o metal são representados respectivamente pelos sabores amargo, azedo, doce, salgado e picante. Neste princípio, procura-se equilibrar os campos energéticos, pois se acredita que a deficiência ou excesso de um desses elementos pode trazer doenças.

De tal forma, um verdadeiro banquete chinês é aquele que consegue traduzir o equilíbrio e atiçar todos os sentidos. Um bom prato tem cor, aroma, paladar e apresentação requintados.

Além disso, preocupa-se com técnicas de corte dos alimentos, de modo a facilitar a refeição. E, por fim, é tradição que as refeições sejam experiências conjuntas e representem a união e cooperação de familiares e amigos. Por isso, é comum que os conhecidos sirvam uns aos outros. De modo geral, pode-se dizer que a culinária chinesa é bastante técnica e detalhada.

 

Principais ingredientes consumidos na China

Uma das principais atividades econômicas da China é a agricultura, sendo comum a produção de arroz, trigo e soja. O arroz é um dos mais importantes e tradicionais ingredientes da culinária chinesa, sendo cultivado na região há mais de cinco mil anos. Não menos importante, o trigo é o principal ingrediente para a preparação de massas, como os macarrões, bolos, tortas e pastéis típicos da culinária do norte chinês. E a soja, por sua vez, é transformada em leite de soja, tofu, pasta, óleo, molho e utilizada em diversas receitas.

Além desses três ingredientes, são consumidos peixes e frutos do mar, cogumelos, brócolis, abobrinha, repolho chinês, acelga, pepino, broto de feijão, broto de bambu. E, entre as frutas, as mais comuns são laranja kinkan, lichia, mandarina, pêssego, kiwi, tangerina e damasco.

 

Pratos tradicionais da culinária chinesa

O cardápio tradicional chinês possui uma grande variedade de pratos, sendo mais conhecido em outros países pelas comidas típicas da região norte, que caíram no gosto da cultura ocidental. Conheça alguns pratos clássicos da culinária chinesa:

 

Zong Zi

Prato tradicional cujo principal ingrediente é o arroz. O arroz é cozido envolto em folhas de cana, temperado com molho de soja, óleo de pimenta, gengibre e óleo de amendoim.

 

Yakissoba

Um dos pratos chineses mais conhecidos no mundo, o yakissoba é a refeição preparada a partir do macarrão de sobá, acrescido de legumes, verduras e carnes. Por ser muito difundido em outros países, acabou ganhando algumas variações.

 

Pato de Pequim

Receita tradicional servida aos imperadores da Dinastia Ming. O pato é fervido e assado em forno especial, cuidadosamente fatiado e servido com crepes finos e molho agridoce.

 

Camarão à moda de Xangai

Receita popular, feita com camarões cinza, tempero de amido de milho, pimenta do reino e sal. O camarão é descascado, frito, escorrido e refogado em fogo alto com saquê.

 

Mapo Tofu

Prato feito com tofu, molho avermelhado com carne moída, brotos de alho e óleo de pimenta.

 

Frango Xadrez

Prato muito conhecido no mundo ocidental. Na receita, o frango é frito no óleo e refogado com cubos de cebola, pimentão, salsão e gengibre ao molho de soja.

 

A culinária chinesa no Brasil

Estes são apenas alguns dos pratos tradicionais chineses. Além deles, há uma enorme variedade que não foi listada aqui. Conte para a gente qual é o seu preferido e o que você acha dos pratos exóticos.

No Brasil, há vários restaurantes de culinária chinesa que fazem sucesso com suas comidas saborosas e decorações atraentes, a ponto de fazer com que o cliente se sinta por algumas horas em um ambiente verdadeiramente oriental. O guia de restaurantes Duo Gourmet possui uma seleção especializada na culinária chinesa, que vale muito a pena conhecer. Além do mais, você pode pedir um prato e ganhar outro de igual ou menor valor como cortesia. Baixe gratuitamente o aplicativo na Google Play ou na App Store, assine e aproveite!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *