Categorias

Aproveite o post

Curiosidades

Culinária portuguesa: conheça mais! 

Culinária portuguesa: conheça mais!
Foto: caldo bom receitas

A gastronomia portuguesa é bastante conhecida no mundo pelas receitas de bacalhau. No entanto, vai muito além delas. A culinária portuguesa é bastante vasta e remonta tradições de dez séculos de história.

Neste texto, vamos conhecer um pouco mais sobre a culinária portuguesa, sua origem, influências e outras curiosidades.

 

Origem da culinária portuguesa

A culinária portuguesa sofreu diversas modificações e influências ao longo da história. Devido à sua localização geográfica, possui fortes traços da culinária mediterrânea, considerada atualmente como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco, e das cozinhas típicas do litoral atlântico.

Além do fator geográfico, há também o fator histórico. Na formação histórica da Península Ibérica, a região que hoje conhecemos como pertencente a Portugal já foi ocupada pelos celtas e romanos, cujas influências ainda estão presentes na culinária portuguesa.

Houve também uma mudança cultural significativa na Era dos Descobrimentos. Nos séculos XV e XVI, o Império Português foi pioneiro nas grandes navegações marítimas, o que facilitou a troca cultural entre diversos povos. Quando os navegantes portugueses retornavam para o Império, traziam consigo matérias primas, mercadorias, especiarias, receitas, entre outras coisas, de diferentes terras e povos, principalmente das terras que eram colonizadas por eles. O contrário também acontecia, os portugueses deixavam suas marcas e influências nos outros territórios.

Além disso, Portugal também se tornou uma porta de entrada para a Europa, por onde passavam muitos viajantes e comerciantes. Como consequência, Portugal incorporou à própria cultura muitos aspectos estrangeiros. De tal forma, pode-se dizer que a cultura, principalmente a culinária portuguesa, possui grande diversidade.

 

Ingredientes típicos

Apesar de se tratar de um país pequeno, no que diz respeito à culinária, Portugal possui grande variedade regional. No entanto, é possível identificar alguns ingredientes típicos, presentes em muitos pratos da culinária portuguesa.

As influências da culinária mediterrânea e do litoral atlântico se dão pelo forte consumo de peixes, em especial a sardinha e o bacalhau, mariscos e outros frutos do mar. Além deles, vários tipos de pães, vinhos, azeites, sopas, cozidos e frutos frescos.

Há também pratos regionais que levam como principais ingredientes a carne e as vísceras, especialmente de porco, em que se destacam os presuntos e os enchidos, alimentos produzidos a partir das tripas de animais recheadas.

Com as descobertas marítimas e as grandes navegações, houve forte introdução de especiarias, como a pimenta, a canela e a noz-moscada, na gastronomia. Também foram introduzidos à culinária portuguesa o açúcar, a batata e o feijão. E para os doces, o uso abundante de claras e gemas de ovos.

Como se não bastasse, Portugal também produz uma variedade de queijos que se diferem de região para região. Normalmente, são feitos por pequenos produtores, em pequena escala, mas se destacam por seus sabores. E ficam muito bem acompanhados por vinhos. Segundo pesquisadores, Portugal é o maior consumidor per capita de vinhos do mundo. Há muitas vinícolas no país e nos países vizinhos.

 

Pratos tradicionais da culinária portuguesa

O cardápio típico português apresenta uma grande variedade de pratos, que vão de deliciosos lanches tradicionais das padarias portuguesas a entradas, refeições principais e sobremesas. Sempre acompanhado de uma cartela de vinhos, é claro. Conheça alguns pratos tradicionais da culinária portuguesa.

 

Broa de milho

Ao contrário do que muitos pensam, a broa de milho não é uma invenção brasileira. Ela surgiu no norte de Portugal, onde o cultivo de milho era grande. E, diferentemente da broa feita no Brasil, a tradicional broa portuguesa é salgada, grande, com uma casca crocante e miolo espesso. Seus ingredientes são fubá, farinha de trigo ou de centeio, sal, açúcar, água e levedura. Pode ser encontrada em qualquer padaria portuguesa e servida no desjejum ou no lanche da tarde.

 

Francesinha

Outro lanche tradicional de Portugal é a francesinha. É uma espécie de sanduíche criado na cidade do Porto. Sua receita assemelha-se ao sanduíche francês Croque Madame, de onde surgiu o nome francesinha. Embora seja um prato recente, é também muito comum no país, em especial no norte.

O lanche é composto por duas fatias de pão de forma, recheadas com linguiça, salsicha fresca, carne suína e bovina, cobertos por bastante queijo. Depois de montado, o sanduíche vai ao forno e, por fim, é coberto por um molho à base de tomate, cerveja e pimenta. 

 

Alheira de Mirandela

A alheira é um enchido que pode ser preparado de várias formas. Seus principais ingredientes podem ser carne de aves, gordura de porco, pão de trigo, azeite, alho, colorau, entre outras opções. Segundo a história, foi inventada por judeus que queriam se passar por novos cristãos para fugir da inquisição. Como na tradição judaica não é permitido o consumo da carne de porco, alguns dos “recém-convertidos” criaram a alheira que substituía o recheio de carne de porco por carne de aves.

 

Bacalhau

Um dos principais e mais consumidos ingredientes da culinária portuguesa, o bacalhau é utilizado em uma infinidade de receitas e preparado de diferentes formas. No Bacalhau à Gomes de Sá, as postas de bacalhau são assadas com batata, cebola, azeite, ovo cozido e azeitona. Na receita à Bras, é encontrado desfiado com cebola, batata palha e ovo mexido. No Bacalhau à Zé do Pipo é gratinado e servido com maionese, purê de batata e pimenta, entre várias outras receitas.

 

Caldo verde

O caldo verde, muito difundido no Brasil, também se trata de uma receita típica do norte de Portugal. É uma deliciosa sopa preparada com batatas, azeite, rodelas de paio, linguiça, couve picada bem fina e água.

 

Pastel de Nata

Também chamado de pastel de Belém graças à antiga confeitaria de Belém, em Lisboa. É uma sobremesa feita com massa folhada caseira, fina e crocante, que envolve um recheio de leite, creme de leite, gemas e açúcar, tradicionalmente servida quente e polvilhada com canela e açúcar. Em 2011, o pastel de Nata foi eleito uma das sete maravilhas da gastronomia de Portugal.

 

Queijadas de Coimbra

A queijada é uma sobremesa feita com queijo fresco, açúcar e gemas. É enformada como um bolo, tem uma textura aveludada e sabor intenso. Sua receita possui algumas variações, como as queijadas de amêndoa, laranja, ovos, entre outras.

 

Estes são apenas alguns dos muitos pratos tradicionais da culinária portuguesa. Mas uma coisa é certa, são pratos deliciosos, ricos em ingredientes e temperos. Conte para a gente qual é o seu prato favorito.

Você sabia que o aplicativo Duo Gourmet possui uma seleção especial de restaurantes que servem culinária portuguesa de extrema qualidade? Além de tudo, você pode pedir um prato e ganhar outro de igual ou menor valor como cortesia. Baixe gratuitamente o aplicativo na Google Play ou na App Store, assine e aproveite!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *