Categorias

Aproveite o post

Curiosidades

Conheça mais da Culinária Mexicana! 

Conheça mais da Culinária Mexicana!

Quem não curte comer um taco com os amigos em noites agradáveis?! A culinária mexicana tem ganhado cada vez mais o paladar dos brasileiros, todo os dias inúmeros restaurantes especializados ou baseados nessa culinária tem sido abertos, fortalecendo ainda mais a culinária mexicana. E por causa desse sucesso todo que nós vamos conhecer agora um pouco mais dessa culinária milenar.

A culinária mexicana ou Pré-Colombiana, já possui muitos anos de história, tendo suas bases há cerca de 8 mil anos atrás, e possuí uma significativa influência das colônias espanholas e das transformações culturais e gastronômicas do século XIX e XX. A culinária mexicana é considerada patrimônio cultural da humanidade pela Unesco, desde 2010, por conter em seu processo práticas e técnicas milenares, se destacando entre elas a nixtamalização do milho (é um processo de cozimento e maceração do milho maduro em solução alcalina de cal (CaO) em 1,3% de peso) e é esse procedimento que facilita a moagem, melhora o sabor, o aroma e seu valor nutritivo, sendo o milho também um dos principais ingredientes dos pratos mexicanos.

Banner experimente assinatura Duo Gourmet por 30 dias grátis.

 

Os fortes temperos na culinária mexicana

Sabemos que a comida mexicana é conhecida por ter temperos fortes e marcantes, mas poucos conhecem a sua real história, origem e influências. A culinária mexicana tem como ingredientes principais, além do milho, o feijão, as pimentas e outros produtos de origem indígenas, como o tomate, a abóbora, o abacate, o cacau e a baunilha, ingredientes tão versáteis e saborosos que compõem as deliciosas receitas mexicanas.

Uma curiosidade nessa culinária é o uso da caveira, que representa o dia dos mortos, uma prática com uso da gastronômica, mas com bases na cultura do país, que também é um patrimônio intangível tombado pela Unesco. Nessa festividade, além das tortilhas de milho e dos tamais, no Dia dos Mortos o sucesso fica por conta das caveiras de doce, que são muito coloridas e enfeitadas e muitas vezes contém o nome do defunto, e até mesmo de pessoas vivas, para brincar e trazer mais descontração para a festa. Outro alimento da festa é o pan-de-muerto, um pão doce que é enfeitado com figuras, de crânios e outros elementos mórbidos, e polvilhado de açúcar. 

 

Principais ingredientes

Como falamos, a culinária mexicana teve influências dos espanhóis que chegaram à antiga Cidade do México (Tenochtitlán), lá, o povo asteca tinha uma dieta específica, que continha pratos baseados em milho, como a tortilla mexicana, além de algumas ervas e feijão. Muitas pesquisas indicam que a mistura do feijão com o milho cria um composto de aminoácidos que faz muito bem a saúde, depois, os colonizadores acabaram adicionando a dieta, o arroz, a carne bovina o vinho, entre outros ingredientes.

Dentre esses ingredientes, estão o orégano, salsa, canela, pimenta e outras especiarias, além de vegetais e frutos. Os espanhóis levaram também animais para o México, como cavalos, porcos, gado bovino, galinhas, cabras e outros animais, enriquecendo ainda mais a culinário do país. E além de toda essa influência espanhola, muitas misturas e criatividade vieram também da América e dos índios. 

Um alimento muito consumido no México é a curuvina, que é uma tortilhaa com base de milho e queijo e recheado com carne bovina, galinha ou porco. A pitada indígena desse e de outros pratos tradicionais da culinária mexicana é o chili, que são as pimentas e os pimentões. As paletas mexicanas também são outro destaque da culinária do país, é um alimento típico mexicano, mas com influências europeias, é sucesso nas sorveterias do mundo inteiro, um picolé a base de frutas que também pode ser recheado.

 

Chocolate

São tantos os elementos dessa culinária que é difícil falar de todos, mas vamos imergir nos mais tradicionais e deliciosos, como é o caso do chocolate, esse faz sucesso em qualquer culinária mundial, mas no México, geralmente é mais conhecido e consumido como uma bebida, mais do que o doce em si. Mas é em cada região que a culinária se divide, no norte do México são muito consumidas às carnes bovinas e por consequência, receitas que contém esse ingrediente. Já no sudeste, os pratos e receitas são com mais condimentos, baseados em vegetais e carne de galinha. E a culinária tex-mex, você já ouviu falar? É a combinação da culinária mexicana com o sudoeste dos Estados Unidos, e o resultado é um sucesso!

 

Mole Poblano

Um dos pratos que estão no topo da lista dos mais tradicionais da culinária mexicana é o Mole, mais especificamente o Mole Poblano, um molho geralmente produzido com vários tipos de pimentas e chocolate, muito degustado nas festas de aniversário e casamento. Em segundo lugar temos o Pozole, uma sopa de milho -olha ele aqui de novo- e carne de porco, advindo da região oeste do México, que é muito consumido nas festividades natalinas. Em terceiro e não menos importante é e a Cochinita Pibil, feita de carne de porco marinada com achiote, tipicamente avermelhada, e cozida em um “forno-de-terra”, forno típico e originário de Yucatán, é normalmente servida em tortas e tacos, com chiles habaneros (uma espécie de malagueta, bem apimentada),  além de cebolas curtidas com laranja amarga e horchata. 

Na região norte do México, também é muito consumida a Machaca, composta por carne seca e  também o Chilorio, feito com carne de porco desfiada (“desyerbada” para os mexicanos), que é condimentada com pimentas e outros temperos. 

 

Os famosos da culinária mexicana: Guacamole e Burrito

São tantos os pratos, mas não poderíamos esquecer do Guacamole, um prato muito popular no México, feito com abacate, pimenta, cebola, tomate, dentre outros temperos, sucesso também aqui no Brasil, pode ser consumido com nachos ou utilizado como recheio para vários pratos, inclusive saladas. 

O famoso Burrito, muito presente em vários cardápios, não só de restaurantes especializados em comida mexicana, é um tortilha enrolada com recheio de queijo, tomate, feijão, chilli, carnes, dentre outros recheios possíveis, vai muito do seu gosto. E os Nachos?! Esse é bem conhecido por aqui, uma espécie de tortilhas crocantes em forma de triângulo, que se assemelham muito ao Doritos, esse salgadinho consumido em todo o mundo, mas que surgiu nos Estados Unidos, são usados para comer com vários tipos de molhos, inclusive com o guacamole e o chilli com carne.

 

Bebidas típicas

Já no quesito bebidas, o atole e pulque, são destaques no país, que inclusive são colocados nos “altares-dos-mortos”, da festa do Dia Dos Mortos, servindo como oferendas. Entrando um pouco mais nas bebidas, a culinária mexicana também se destaca, principalmente pela tequila, tradicional por lá e muito consumida nos bares de vários outros países, além do mescal, uma bebida polêmica e exótica, tomada com uma espécie de verme, e pasmem, vivo dentro do copo. 

As bebidas também variam de acordo com o lugar que foram inventadas, mas são feitas principalmente com o milho, álcool da cana, casca de árvores ou ervas. Dentre essas bebidas, algumas são usadas como um estimulante em rituais sagrados, a culinária mais uma vez misturada a cultura religiosa do país.

Como vimos, diante de tanta riqueza cultural e culinária, o México também se destaca por ter um povo alegre e acolhedor. Dessa forma, também são os restaurantes especializados nessa culinária, o Duo Gourmet possui uma lista de bons e seletos restaurantes mexicanos para você aproveitar com aquela companhia especial ou os amigos e a família e ainda economizando, pois assinantes Duo pedem um prato nesses restaurantes parceiros e ganham outro de igual ou menor valor como cortesia, aproveite e venha se esquentar com a picância da culinária mexicana!

Esse post merece 5 estrelas?
[Total: 5 Média: 4.6]

Banner blog Duo Gourmet, experimente 30 dias de assinatura grátis.

Related posts

Deixe um comentário

Required fields are marked *

Quer experimentar o Duo Gourmet por 30 dias GRÁTIS? Utilize o CUPOM 30DIAS. RESGATAR MEU CUPOM
+ +