Categorias

Aproveite o post

Dia dos namorados – cardápio completo de jantar romântico em casa
Imagem de Terri Cnudde por Pixabay
Coronavírus | Conteúdos para os quarenteners, Receitas

Dia dos namorados – cardápio completo de jantar romântico em casa 

O Dia dos Namorados está chegando aí! Com a quarentena, que tal planejar um delicioso jantar romântico aí mesmo em sua casa? O Duo Gourmet vai te ajudar nisso com dicas e sugestões de um cardápio completo, com entrada, prato principal e sobremesa. Depois que conferir as receitas, leia um pouquinho sobre o surgimento dessa data tão romântica!

Mais do que comprar e receber presentes de quem se ama, é o dia de demonstrar carinho, consideração, afeto e respeito. Como acreditamos que a gastronomia é uma forma deliciosa de comemorar e demonstrar carinho, sugerimos que aproveite a data para compartilhar um momento especial que merece ser brindado com um bom vinho em um jantar romântico caseiro. Acompanhe!

 

Entrada

Para a Entrada sugerimos algo bem gostoso, leve e fácil de fazer, já que você terá o trabalho de também preparar o prato principal e a sobremesa. Serão as Bruschetta com tomate, mussarela e azeite.

 

Ingredientes

6 fatias de pão italiano redondo

3 xícaras (de chá) de tomates firmes, sem casca e picados

3 xícaras (de chá) de mussarela de búfala em cubinhos

Manjericão a gosto picado

1 dente de alho

Manteiga para dourar o pão

Azeite extravirgem a gosto

Sal a gosto

 

Modo de preparo

Toste as fatias do pão em uma frigideira antiaderente com um pouquinho de manteiga. Esfregue levemente o dente de alho nos dois lados de cada fatia, ainda quentes, e coloque em uma assadeira.

Em um recipiente à parte, misture o tomate, a mussarela, o manjericão, o sal e adicione o azeite. Depois, espalhe a mistura sobre as fatias e leve ao forno preaquecido por 5 minutos. Sirva ainda quente.

 

 

Prato principal e acompanhamentos

Vamos te ensinar uma receita, para não errar, de Filé mignon ao molho de mostarda.

O filé mignon é um corte bovino bem magro, macio e suculento e que fica muito bem com um arroz branco. Já pode anotar isso em seu planejamento.

 

Ingredientes

1Kg de filé mignon

Sal a gosto

Pimenta do reino a gosto

4 colheres de sopa de manteiga

Azeite extravirgem

150 ml de creme de leite

1 colher de sopa de requeijão

3 colheres de sopa de mostarda

1 colher de sopa de molho inglês

Parmesão a gosto

⅓ xícara de vinho branco seco

3 colheres de sopa de cebola picada

 

Modo de preparo

Limpe bem uma peça de filé mignon e corte bifes na espessura de dois dedos. Tempere com sal e pimenta do reino antes de fritar.

 

Logo em seguida, aqueça uma panela com 2 colheres de sopa de manteiga e um fio de azeite. Grelhe os filés de 2 a 3 minutos de cada lado, de acordo com o ponto que você desejar.

Vire apenas uma vez e frite, no máximo, 4 bifes por vez. Reserve-os.

Na mesma panela que fritou os bifes, acrescente a cebola e deixe refogar por alguns minutinhos e acrescente o vinho branco para deglaçar a panela (é uma técnica culinária que consiste em utilizar um líquido para retirar alimentos presos ao fundo de uma panela e aproveitar seu sabor).

Agora coloque o creme de leite, a mostarda, o requeijão e o molho inglês. Deixe ferver para apurar o sabor.

Depois coloque o filés sobre uma assadeira e os cubra com esse molho. Salpique parmesão ralado por cima e leve ao forno por cerca de 15 minutinhos.

Pronto, estará com um prato principal e tanto, sirva-o com arroz branco e com o acompanhamento que ensinaremos a seguir:

 

Acompanhamento – Salada de folhas ao molho pesto

Ingredientes

15 folhas de alface-americana

15 folhas de alface roxa

1 pera

1 xícara (chá) de hortelã

½ xícara (chá) de azeite extravirgem

½ xícara (chá) ricota

4 colheres (sopa) de nozes

Sal a gosto

 

Modo de preparo

Lave as folhas e a pera. Depois, no liquidificador, bata o azeite, a hortelã, as nozes e o sal. Disponha as folhas, a pera, e a ricota cortadas em cubos em uma tigela. Por cima, adicione o molho pesto. Simples e delicioso!

 

Sobremesa

De sobremesa teremos uma com um nome bem sugestivo: Doce sedução, de morangos com chocolate meio amargo. Vai fechar com chave de ouro a noite romântica do dia dos namorados!

 

Ingredientes

200 g de morangos frescos picados (reserve os mais bonitos para decoração)

Duas latas de leite condensado

2 latas de creme de leite

Duas barras de chocolate meio amargo

2 colheres de manteiga ou margarina

 

Modo de preparo

Em uma panela, misture o leite condensado e a manteiga. Mexa bem até aparecer o fundo e desligue.

Acrescente 1 lata de creme de leite, misture bem e coloque no fundo da travessa. Feito isso, acrescente os morangos picados por cima.

Derreta as barras de chocolate em banho-maria, ou no micro-ondas, mexendo a cada 30 segundos. Misture com o creme de leite e coloque por cima dos morangos.

Leve à geladeira por 2 horas e depois decore a seu gosto. A receita pode ser servida em refratários individuais também. É bem fácil de fazer e fica irresistível, vai apimentar sua noite.

 

Bebidas

Não existe um jantar completo sem aquela bebida especial, não é mesmo? Pode ser um vinho, um espumante, ou mesmo um suco natural para o mais naturalistas. Se optar pelo vinho, temos um post ensinando como harmonizar, se quiser uma caipirinha, tem também, é só conferir aqui! Ou se é daquelas não dispensam uma cervejinha, as dicas estão aqui!

Finalmente, depois de ter anotado as receitas, vamos com um pouquinho de história e curiosidades:

 

Origem da data

O surgimento dessa data, que em outros países leva o nome de Dia de São Valentim, corresponde a um dia festivo onde sempre foi comemorado a vida de um mártir cristão, de nome Valentim, um padre de Roma condenado à pena capital no século III. Além disso, havia um antigo festival romano chamado Lupercália, realizado em todo dia 14 de fevereiro. Essa festa celebrava a fertilidade e homenageava Juno, a deusa da mulher e do casamento, e também Pan, o deus da natureza, que marcava o início da primavera. A conjunção de todas essas datas festivas e o interesse de se ter um dia para comemorar e celebrar a união entre casais, deu-se como conhecemos hoje.

 

Como a data chegou ao Brasil

Sobretudo, o dia dos namorados chegou ao país pelo publicitário João Doria, que sugeriu a data de 12 de junho, por ser véspera de 13 de Junho, Dia de Santo Antônio, nosso santo casamenteiro. Ele trouxe essa ideia do exterior, em 1949, apresentando para comerciantes paulistas uma campanha intitulada: “não é só com beijos que se prova o amor”. A iniciativa deu certo e caiu no gosto de comerciantes e clientes.

 

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *